Safári da Copa – Brasil

12 05 2010

A um mês do pontapé inicial na África do Sul, as seleções liberam a lista de convocações, matérias especiais saem em todos os canais de TV e começa a euforia em torno do Mundial.

Então, faremos por aqui uma breve análise de quem é quem no torneio, as zebras, favoritos, azarões e quem corre por fora.

Coemeçaremos obviamente pelo Brasil. O que esperar dessa seleção?

Dunga conseguiu unir o grupo, coisa que Parreira passou longe em 2006. Além disso, o atual treinador deixou de lado os medalhões da Copa anterior, bem como os jogadores problema, como é o caso de Adriano.

Dunga, porém, não conseguiu empolgar o país com a sua relaçaõ de atletas e muito se fala em carência de craques e talento individual. Assim, mesmo vencendo tudo nos últimos anos, o Brasil chega ao mundial com a desconfiança de sua torcida, apesar de ser apontado como favorito pelos outros. A esperança vive nos pés de Kaká e nos gols do matador Luís Fabiano, além da segurança de Júlio César.

Tradição existe, bons jogadores também e nunca se viu um time nacional com tanta garra e luta. O que falta é carisma junto ao torcedor e magia. Talentos foram deixados de lado por conta das convicções de um teinador, que preferiu “fechar” com alguns atletas e não se contradizer na hora H.

O Brasil pode ser campeão, mas vai sofrer muito e não será nenhuma surpresa se cair nas Quartas ou na Semi.

POSTADO POR NÓIA

Anúncios




Brasil iá iá

3 03 2010

Ontem, o nosso selecionado entrou em campo para encarar seu último teste antes da Copa. O adversário era a mediana Irlanda, aquela que foi garfada por Henry e ficou de fora do Mundial.

O que se viu em campo foi um time irlandês decidido a não ser coadjuvante e que foi pra cima, criando inclusive uma das melhores chances do primeiro tempo.

Porém, como o futebol é cruel, o Brasil fez 1×0 numa jogada de Robinho, em impedimento e que ainda contou com a ajuda do adversário para entrar, num belo gol contra.

Robinho ainda faria o segundo após uma bela jogada de passes entre ele mesmo, Kaká e Grafite, que deixou o n°11 na cara do gol.

Em resumo, foi mais uma vitória para o cartel de Dunga e que reforça um bom histórico. A seleção de ontem tem 90% de chances de ser convocada em Maio e abrir a nossa participação no Mundial.

Dunga continua prepotente e arrogante, sem fazer o mínimo esforço para mudar. A seleção continua pragmática e sem brilho, apesar da vitória. A imprensa continua pedindo Gaúcho no time. E nós, torcedores, continuamos acreditando, afinal é um bom time, que não enche os olhos, como o Brasil.

POSTADO POR NÓIA





2010 loucos

5 01 2010

 

2010 chegou, amigos. E junto com o início do ano, chegaram também as contratações e boatos da temporada tupiniquim. Aquela fase de anunciar, desmentir, mentir, revelar… Janeiro é o paraíso dos dirigentes fanfarrões e suas contratações megalomaníacas.

Afinal de contas, o ano que passou trouxe uma nova tendência, que é o de repatriar bons jogadores apostando na Copa. E, convenhamos, recuperar Ronaldo, trazer Fred, Kléber e Love são iniciativas louváveis. É qualidade, é brilho, é um investimento que vale a pena.

Vários clubes estão atrás também de Henrique, Alex Silva, Breno, Rafael Sóbis, Keirrison e outras pérolas que saíram cedo daqui. Sem dúvidas, contratações que valeriam muito a pena. O problema é que estão exagerando…

A começar por Roberto Carlos. Está certo que ele foi o lateral-esquerdo do Real e de três Copas do Mundo seguidas, mas já não joga mais bola faz muito tempo. Colocar um caminhão de dinheiro nele, é ignorar o passado de quem saiu de Madri e perambulou por lugar nenhum por anos. Ele simplesmente não é um Ronaldo!

Ainda em São Paulo, pintou a figura de Giovani. O Messias do Santos em 95 (quando jogou demais), volta quatorze anos depois, após ter perambulado pela Grécia. Jura mesmo que acham que ele vai fazer algo além do que uns gols de pênalti no Paulistao?

No Botafogo, então, loucura total: fizeram festa para receber El Loco Abreu! 33 anos, 19 clubes diferentes na carreira e um faro de gol mais do que duvidoso. Pior que isso é obrigar Zagallo – esse sim merecedor de homenagens alvinegras – a entregar a camisa 13 ao atacante…

Continuando na Cidade Maravilhosa, a bola da vez é Sávio. Pelo amor de Deus, Sávio! O cara é um fantasma no futebol e não é de hoje. Espero, de coração, que o atual campeão brasileiro não se dignifique a tal besteira.

Enfim, se o ano novo trouxe uma mania nova, esta só pode ser a loucura. Um 2010 bem louco pra todos vocês!

POSTADO POR ROJAS.





Copa 2010 – Os grupos

4 12 2009

É amigos, acabou o mistério e agora venha quem vier, o hexa só depende de nós. A seleção brasileira, tão acostumada com a sorte e o pé quente em sorteios, não se deu muito bem. Talvez, a Copa do próximo ano seja a que tenhamos a maior quantidade de “Grupos da Morte”. Confira:

Grupo A: África do Sul, México, Uruguai e França – grupo extremamente equilibrado, que traz os donos da casa apoiados por sua torcida enfrentando os sempre perigosos mexicanos, a tradicional seleção uruguaia e a complicada França. 

Grupo B: Argentina, Nigéria, Coreia do Sul e Grécia – um bom teste para os hermanos. A Nigéria merece respeito mas não é mais a mesma, a Coreia aposta na correria e Grécia na retranca. Argentina e Nigéria devem passar.

Grupo C: Inglaterra, EUA, Argélia e Eslovênia – os ingleses sim se deram bem. Argélia e Eslovênia não possuem um poderio que chegue a assustar e os EUA são melhores, mas ainda assim, não são páreos.

Grupo D: Alemanha, Austrália, Sérvia e Gana – uma verdadeira pedreira para os bávaros. A perigosa Sérvia vem pra complicar e Gana sempre consegue se renovar e montar times qualificados. Já a Austrália não deve avançar.

Grupo E: Holanda, Dinamarca, Japão e Camarões – outro grupo dificílimo em que os holandeses terão que suar bastante. A Dinamarca fez ótima eliminatória, o Japão sempre corre bastante e Camarões possuem Eto´o na finalização.

Grupo F: Itália, Paraguai, Nova Zelândia e Eslováquia – italianos e paraguaios farão o principal duelo do grupo logo na estreia. Eslovacos em sua estreia na Copa não serão nem dureza e nem moleza, enquanto a Nova Zelândia vem pra pasear.

Grupo G – Brasil, Coreia do Norte, Costa do Marfim e Portugal – esse sim o grupo mais complicado da Copa. Digam o que quiserem, mas enfrentar a melhor seleção africana e os portugueses será complicado. Obviamente, essas seleções também devem estar receosas em enfrentar o Brasil, que tem na sua estreia a chance de largar na frente no grupo.

Grupo H – Espanha, Honduras, Chile e Suíça – grupo bom para a Fúria, que deve econtrar maiores dificuldades ma retranca suíça e no futebol ligeiro dos chilenos. Ainda assim, a Espanha é franca favorita, com o Chile em segundo.

O Brasil faz sua estreia no dia 15 de Junho de 2010. São 6 meses que irão passar rápido, para um novo sonho começar e mais uma vez o mundo parar para assistir o maior espetáculo da Terra. Que venham todos! Vai Brasil!

POSTADO POR NÓIA





Apostas da Seleção européia

27 10 2009

dunga-ap_15264a

Tá aí um cara que está ganhando cada vez mais o meu respeito: Carlos Caetano Verri, o Dunga.

Depois de assumir desacreditado, ser criticado as pencas e conseguir belíssimas campanhas na Copa América, Copa das Confederações e Eliminatórias – resgatando o brio da Seleção -, o cara não pára de acertar.

Na última convocação, levou os jogadores que atuam no Brasil e faziam por merecer. Agora, para não mexer na reta final do Brasileirão, chamou um time “europeu” e acertou nas apostas para os amistosos diante de Omã e Inglaterra.

Duas são para a mesma posição, a lateral-esquerda, que irá ter Fábio Aurélio e Michel Bastos. Fábio merece faz tempos a convocação (e já está recuperado de contusão), enquando Michel – que atua de meia no Lyon – está comendo a bola faz 3 temporadas.

Carlos Eduardo, na Alemanha desde que saiu como revelação do Grêmio, é um meia raro no futebol. É rápido e dribla fácil. Seu time (Hoffeihem) está fazendo sua segunda temporada seguida segura e é uma chama merecida.

Já o atacante Hulk faz parte do “Julio Baptista’s way of life”: forte, alto e chuta de onde a bola cair. Talvez seja a menos merecida das quatro chamadas, mas vale a tentativa.

Outro detalhe: parece que Diego Souza perdeu definitivamente sua possível vaga para o neo-russo Alex.

Eis a lista completa do técnico-anão:

Goleiros
Julio César (Inter de Milão)
Doni (Roma)

Laterais
Maicon (Inter de Milão)
Daniel Alves (Barcelona)
Michel Bastos (Lyon)
Fábio Aurélio (Liverpool)

Zagueiros
Luisão (Benfica)
Juan (Roma)
Naldo (Werder Bremen)
Lúcio (Inter de Milão)

Volantes
Gilberto Silva (Panathinaikos)
Josué (Wolfsburg)
Lucas (Liverpool) 
Felipe Melo (Juventus)

Meias
Ramires (Benfica)
Julio Baptista (Roma)
Kaká (Real Madrid)
Elano (Galatasaray)
Alex (Spartak Moscou)
Carlos Eduardo (Hoffenheim)

Atacantes
Luis Fabiano (Sevilla)
Nilmar (Villarreal)
Hulk (Porto)
Robinho (Manchester City)

seleção_novidades

POSTADO POR ROJAS.





Ah, o futebol…

10 10 2009

arg

Entre ontem e hoje tivemos 3 exemplos de como o futebol é apaixonante, incrível e imprevisível. Três jogos que mostraram como é bom esse esporte e como somos sortudos por poder presenciar certos lances.

Na segunda partida de quartas de final do Mundial Sub 20, Itália e Hungria se enfrentaram numa partida que tinha tudo para ser equilibrada, mas não foi. Com menos de 2 minutos, a Hungria ganhou um pênalti a seu favor e não desperdiçou. O jogo seguiu com a Itália pressionando e jogando mais bola enquanto os húngaros se preparavam para encaixar o contra ataque fatal. A tarefa italiana ficou mais difícil quando Gentili foi expulso faltando 20 minutos para o fim do jogo. Porém, mesmo com 1 a menos a Itália empatou aos 37 do segundo tempo, com Mazzotta. Na prorrogação, os italianos entraram com 9 homens, pois Bini fora expulso ainda no tempo regulamentar, assim como Szekeres, da Hungria. Com 10 contra 9, a Hungria aproveitou e assim, aos 7 minutos do segundo tempo da prorrogação, Nemeth fez o gol húngaro. Desânimo? Que nada, pois menos de 1 minuto depois, Bonaventura costurou a defesa e empatou de novo. A torcida nitidamente queria que os italianos vencessem, porém Albertazzi também recebeu cartão vermelho, deixando a Itália com 8 jogadores. Quando tudo se encaminhava para os pênaltis, Nemeth foi novamente lançado no buraco da defesa e não desperdiçou, fazendo o terceiro gol e sepultando de vez os italianos. Uma partida memorável, com jogadores dignos e que se entregaram em campo, em busca de um resultado que parecia impossível. Méritos para os húngaros e louvor para os italianos.

Hoje, a partida do Brasil contra a Alemanha, também no Sub 20, tomou ares épicos quando Holtby marcou aos 28 do segundo tempo, deixando pouca margem para a seleção brasileira reagir. Porém, com a entrada de Maicon, o jogo ganhou novos ritmo e assim, o Brasil passou a procurar espaços na forte marcação alemã. Após tanto bater no muro, o atleta do Fluminense recebeu passe,livre, aos 44 do segundo tempo para empatar o duelo. O jogo ficou tão favorável ao Brasil, que Douglas Costa ainda acertaria um chute no travessão aos 47. Porém a partida ficou em 1×1 e  foi para a prorrogação. Novamente a estrela de Maicon brilhou e o garoto recebeu na frente, no primeiro lance do extra tempo, aos 45 segundos e conseguiu marcar. O Brasil ainda levaria um baita sufoco dos alemães e perderia boas chances de ampliar, mas o resultado seria mantido.

Ainda hoje, pelas eliminatórias sulamericanas, a seleção argentina seguia seu calvário e experimentava níveis diversos e opostos de emoção. Jogando em casa, os hermanos dominavam o jogo, mas não conseguiam encontrar o gol. Para aumentar o drama, no começo do segundo tempo, o peruano Romero acertou a trave argentina, levando a torcida à loucura. Porém, pouco depois, Higuaín acertou o chute cruzado e fez o gol. Daí em diante o pouco que se viu graças ao dilúvio em Buenos Aires, foi a seleção local se segurando e administrando a partida. Quando tudo parecia encaminhado e seguro, o Peru veio para cima, disposto a estragar tudo e assim, aos 44, Rengifo cabeçeou para o fundo da meta e silenciou o Monumental de Nuñez. O melhor ainda estava por vir, pois a Argentina foi para o abafa e assim, após muito drama, Palermo, sozinho, desviou para as redes um chute cruzado na área peruana. Delírio na Argentina, que na saída de bola peruana ainda viu a redonda quase encobrir o goleiro e explodir novamente no travessão. A Argentina segue sua luta rumo à Copa e o capítulo de hoje, certamente será inesquecível.

Grandes jogos, em diferentes categorias e campeonatos mas que resumem a essência do futebol e mostram porque esse esporte é o mais popular do Mundo. Emoção, garra, luta e o imponderável até o fim. Ah, o futebol…

POSTADO POR NÓIA





Mundial Sub 20

10 10 2009

brasilurena

Foram definidos hoje os últimos dois classificados para as semifinais do Mundial Sub 20 no Egito:

Brasil 2×1 Alemanha: num jogo truncado e difícil a seleção não encontrou espaços e o jogo se arrastava para um 0x0, quando a Alemanha em sua nítida proposta de jogo, encaixou um ataque e de cabeça Holtby marcou. Sem espaços o time brasileiro mexeu e Maicon entrou e deu nova cara ao time. Após muitas tentativas e um certo desânimo, o Brasil achou o gol aos 44 do segundo tempo. Na prorrogação, com 45 segundos, de novo Maicon marcou e fez o gol da vitória brasileira.

Costa Rica 2×1 Emirados Árabes: outro jogo tenso que foi para a prorrogação. Khalil fez o gol dos árabes aos 33, porém Los Ticos empataram ainda na primeira etapa. Urena foi o autor do gol da Costa Rica, que avançou às semifinais, para enfrentar justamente o Brasil.

Na outra semi Gana e Hungria se enfrentam, após vitória africana de 3×2 sobre a Coreia do Sul e vitória húngara sobre a Itália, pelo mesmo placar.

POSTADO POR NÓIA