O poeta

14 05 2010

Bruno, goleiro do Flamengo já conseguiu a proeza de ser convocado para a Seleção Brasileira. Além disso, se tornou o camisa 1 de um dos maiores times do país. Porém, parece que o goleiro vem se especializando em declarações infelizes, que desrespeitam o torcedor e às vezes, a população.

Como esquecer das pérolas: “A torcida atrapalha” ou  ainda “Quem nunca saiu na mão com uma mulher?” em pleno dia internacional delas.

Pra completar a lista, após o time ser vaiado, o arqueiro disparou após a derrota para a Universidad de Chile: “Estou me lixando para a torcida”.

Pois é Bruno, mas não estamos falando de qualquer clube. Atitudes assim não formam campeões, muito menos ídolos e jogadores lendários. O menosprezo e a ingratidão caminham lado a lado com o esquecimento.

Bruno tem feito tanto assim pelo Flamengo? Suas falhas são tão pequenas assim? Qual a responsabilidade do jogador em vitórias e derrotas? O goleiro devia baixar a bola, segurar a onda e tentar refletir sobre tudo que tem feito e falado, afinal ele representa uma nação chamada Flamengo.

Mas sinceramente, o flamenguista não deve estar nem aí, afinal um boçal assim não deve atingir a maior torcida do país, já que ele pouco representa dentro da grandiosidade rubronegra.

A torcida sim, deve estar pouco se lixando.

POSTADO POR NÓIA

Anúncios

Ações

Informação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: